Serra Fina: que raio de lugar é esse?

Serra Fina3

O destino de hoje: Serra Fina, na Serra da Mantiqueira

Aproveitando que agora é inverno, quem gosta de trekking “pra macho” pode começar a amaciar a bota de trilha para encarar uma das travessias mais difíceis do Brasil. São 4 dias de camelagem para quem entende do babado (não é trilha pra iniciante, mesmo).

A serra ali é fina de verdade. A trilha se equilibra por uma crista estreita da Serra da Mantiqueira a 2 500 metros de altitude. São umas oito horas de caminhada por dia, se esquivando dos abismos, com trechos muito íngremes de subida e descida. 

Trilha_Capim_WEB

Faz frio demais (chega a zero grau fácil), venta demais e é preciso dormir acampado (claro), não raro com gelo sobre a barraca. Outro desafio é a mata fechada pelo caminho, especialmente caprichosa quando se trata de atravessar os campos de capim-de-anta, plantas de dois metros de altura que cortam e enroscam em tudo.

Mas a maior encrenca do caminho é a falta d’água no trajeto: prepare as costas porque sua mochila de 40 litros vai ter que carregar, além das suas tralhas (roupas, saco de dormir para -5o C, isolante, kit de primeiros socorros, headlamp etc), ao menos cinco litros de água. Fora todo o lixo produzido pelo caminho.

Serra Fina2

Apesar disso, não é difícil sentir que o esforço valeu quando se chega ao topo da Pedra da Mina, com 2798 metros, o cume absoluto da Serra da Mantiqueira (e quarta maior montanha do Brasil).

Lá do alto, olhando aquele mar intocado de montanhas, parece absurdo que um lugar tão inóspito possa estar tão perto das maiores cidades do Brasil.

Onde raios fica isso? Coordenadas 21º 25’S, 44º 51’O

! A Serra Fina é um conjunto de montanhas com mais de 10 picos acima de 2.000 metros de altitude. Começa em Itamonte e vai até Passa Quatro, na Serra da Mantiqueira, divisa de São Paulo e Minas Gerais

E como eu chego lá? A cidade de Passa Quatro, início da trilha, fica a 242 quilômetros de São Paulo. A via de acesso é a Dutra

Alguém me leva? A operadora Pisa Trekking

Posso arrumar as malas? Sim. Durante o inverno, apesar do frio de rachar, os dias são mais claro e as trilhas secas, mais seguras

 Fotos de divulgação.

***

Conheça outros lugares remotos da seção “Que Raio de Lugar é Esse?”:

Lesoto, África
Isla del Coco, Costa Rica

Montanhas Hindu Kush, Paquistão 

Tags: ,

10 Respostas to “Serra Fina: que raio de lugar é esse?”

  1. CarlaZ Says:

    Achei muito legal o trekking…mas pesado demais pra mim…não vou nem mostrar pro meu namorado pra não dar idéia!
    Beijo

  2. Camila Says:

    Eu queria ser mais animada…😦 O visual com certeza deve valer o esforço. Você já encarou, Claudia?

  3. Emília Says:

    Claudia, uma amiga minha (e xará sua) está pensando em ir para lá no próximo mês, mas está com medo. E olha que ela já encarou a travessia da serra dos Órgãos no mês passado! Mandei o link para ela.
    Eu morro de vontade, mas estou em recuperação de um trauma e voltar às trilhas…só bem devagar. (Ficar sem caminhar estresssssa… rss…)

  4. Ernesto Says:

    Eu achei o seu blog pelo Riq, voce tinha estado sumida, é um prazer revê-la… Onde voce esta escrevendo?

  5. Claudia Carmello Says:

    Oi Ernesto, muito obrigada! Bem-vindo. Bem, além aqui do blog, escrevo para especiais da Viagem e Turismo, para a Superinteressante, Vida Simples, revista Sorria… mas nessas aí não escrevo sobre turismo. Espero que volte sempre aqui. Abs

  6. Ernesto Says:

    Irei voltar sim! Boa sorte nesta nova fase!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: