Primeira impressão de Stone Town – ou O que esses massais estão fazendo aí?

masai porta

Então nós chegamos a Stone Town, a exótica capital de Zanzibar, 99% islâmica e Patrimônio da Humanidade pela Unesco.

Era Ramadã, era fim de tarde e nós estávamos ansiosos pelos primeiros sinais de islamismo que nos aparecessem pela frente — em uma semana de praias paradisíacas na ilha, eles se fizeram discretíssimos.

Chegamos ao hotel e nossos olhos foram capturados pelas roupas berrantes dos bellboys. “Olha que vermelho, que colorido, e olha esses chinelos com um espeto ereto saindo da tira entre o dedão e o segundo dedo e, calma, mas isso não tem nada de muçulmano, eles mais parecem… massais?”

masai 1

Pois sim. Não havia um, nem dois, mas três funcionários massais no hotel. Genuínos, membros das tribos nômades do Quênia, lá da região do Parque Nacional Maasai-Mara. Eu procurando os 99% muçulmanos e topo logo com os zero ponto alguma coisa porcento índios. Inusitado.

Mas o que eles estavam fazendo de carregadores num hotel em Zanzibar?

Amanhã conto mais. Mas logo entendi que fazia muito sentido a presença desses “outsiders” ali.

Mais sobre Zanzibar:

Você sabe que está em Zanzibar quando…

Prazer, meu nome é turista

O fitness center mais simpático do mundo

10 prazeres de se hospedar num hotel sustentável

Mnemba Island: a grande extravagância 

Nungwi ou Matemwe: onde ficar?

Direto de Matemwe: hakuna matata!

Tags: , ,

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: