Procura-se hotel de charme em Santiago do Chile


{Ilustração do lobby com lareira modernosa do W Santiago}

Uma boa notícia para os numerosos leitores-amantes e futuros amantes de Santigo do Chile. Abre as portas na cidade amanhã, com quase meio ano de atraso, o primeiro hotel W  da América do Sul. O que podemos esperar?

Uma notinha que editei sobre ele num especial da VT no começo do ano dizia assim:

Venha a mim o design

Grande carência da capital chilena é a hotelaria cool. Há o perfil executivo e o de decoração clássica às pencas, mas zero hotéis butique ou de design. Essa cena pode começar a se transformar com a inauguração, prevista para maio, do primeiro hotel W (Isidora Goyenechea, 3000, 947-2043, starwoodhotels.com) da América do Sul, a bandeira de “luxo descolado” da Starwood (rede dos hotéis Sheraton). O hotel, que já ultrapassou o custou de 150 milhões de dólares, vai ocupar do 3o ao 11o andar de um edifício multiuso na avenida mais agradável para o people watching no bairro El Golf – a Isidora Goyenechea. Viajantes que apreciam uma pegada mais moderna podem esperar 196 quartos  – alguns com varanda, 20 deles suítes –, um lobby de 5 metros de pé direito, dois restaurantes assinados pelo chef francês Jean Paul Bondoux  [dono do La Bourgogne, dentro do Alvear de Buenos Aires], mais uma filial do peruano Osaka, fusion com toques asiáticos. Uma disco-bar terá pocket shows e DJs convidados. As diárias de fim de semana devem girar em torno dos 320 a 420 dólares. [Atualização: simulando reservas pra dezembro, achei tarifas de US$ 249 o casal].

Mais tarde eu soube que o W  também teria aqueles detalhes descolex como dock para o seu iPod, uma chaise-long ao invés da velha poltrona no quarto,  janelões do chão ao teto, banheiro com chuveiro estilo “rainshower” e gracejos como o nome da suíte presidencial, a Extreme Wow Suite. (Pena que ainda não tenham liberado as fotos mesmo no site. Só ilustração).


{O quarto Cool Corner: com piscina ao lado da cama}

Muito bem. Só que essa notícia é só um começo de esperança para quem, como eu, torce pelo surgimento na capital chilena de hotéis que realmente valham o post.

Até costumo preferir um hotel de rede moderninho como o W a um hotel de rede de decoração clássica carregado de carpetes e cortinas estampados de verde e vinho. Mas o que eu gosto mesmo é de hotel de-não-rede. 

Acho que o mood W é um passo adiante numa capital onde o mais bacana que se pode esperar é um conhecido padrão Ritz-Carlton — e a peso de ouro. Só que sua chegada não resolve a carência maior da hotelaria santiaguina: a de pequenos hotéis-butique, guest houses de charme ou pousadinhas autênticas. E de todas as faixas de preço.

***

Para quem concorda comigo, deixo aqui três diquinhas de hospedagem apuradas ano passado (e saídas do blog antigo) que se aproximam mais dessa pegada slow authentic — mas ainda não valem, como eu disse, um post inteiro. E pra quem gosta de luxo… não tem jeito. Considere um Ritz mesmo ou vá tentar uma suíte bacana do W (e depois volte aqui pra contar!)

1- Vila Franca

Uma guest house com oito quartos administrada com carinho pela dona, Glória. A casa fica numa rua tranquila de Providência, um bairro cheio de hotéis e restaurantes. A fachada com cara de vila francesa já é uma graça. Tudo lá dentro, da sala de estar com lareira ao quintal cheio de plantas, é meio provençal. Ladrilho hidráulico e madeira forram o piso. Cada quarto é diferente do outro, e cheios de detalhes interessantes tirados das revistas de decoração espalhadas por toda parte. Mas tudo clean, sem excessos. Ao redor das camas há tevê, mas não telefone – a recompensa é a internet wifi grátis. O toque final é o café da manhã: servido na sala de estar, ele muda a cada dia. Diárias pra casal a US$ 90.

2- Hotel Orly

Fica na rua Pedro de Valdívia, uma das mais centrais de Providência. O prédio é pequeno e simpático, com uma fachada linda e um café movimentadíssimo no térreo. O estilo da decoração é francês, com muito carpete e estampas florais, mas tudo cherosinho e com cara de novo. O hit é o jardim de inverno onde o café da manhã é servido, uma graça. E o dia todo um snack com café, chá, bolinhos e frutas fica à disposição dos hóspedes (sem custos extras). A estrutura é maior, com elevador, 5 andares, 28 quartos e um mini business center. Mesmo os quartos standard são espaçosos. Diárias pra casal desde U$ 100.

3 – Hotel Del Patio:

Tem três anos de vida e fica num casarão dentro do Pátio Bellavista: uma espécie de galeria comercial a céu aberto no meio do bairro boêmio da cidade, Bellavista, com bares, cafés e lojinhas. São dez quartos e um terracinho ao lado do salão de café-da-manhã: a estrutura se resume a isso. Eles se intitulam hotel design, mas eu diria: menas, minha gente, menas. A decoração é, sim, arejada e “da moda”: a cama é baixinha, estilo japonesa, o banheiro têm uma parede inteira de pastilhas verdes, a tevê é de LCD “pendurada” na parede por fios que vêm do teto, todos os espaços têm longas tábuas de madeira no chão e luminárias e sofás coloridos. Para entrar, é preciso tocar a campainha. É bom pra quem quer ficar no epicentro da balada: há o inconveniente do baruho. Diárias pra casal desde US$ 12o.

Mais sobre Santiago neste blog:

48 horas em Santiago do Chile

Tags:

22 Respostas to “Procura-se hotel de charme em Santiago do Chile”

  1. Nélio Says:

    Oi Cláudia,

    Santiago, Santiago… Já decidi que este será um destino bem corriqueiro em minhas ainda poucas viagens… rs…
    De fato você tem razão em uma coisa: é difícil encontrar hotéis boutiques em Santiago. Parece-me que o padrão são os grandes hotéis, que variam desde um Panamericano (R. Teatinos, próximo ao La Moneda – fiquei lá ano passado e não recomendo) que certamente já viveu tempos áureos, até os modernosos e super confortáveis como o Holliday Inn (Av. Vitacura, 2 quadras da Goyenechea – onde fiquei neste ano e recomendo).
    A experiência que tive no Hotel Boutique 1890, em Buenos Aires ano passado, foi muito gratificante. Lógico que no fundo trata-se de uma casa adaptada para funcionar como um hotel, sem 1/10 dos serviços das grandes redes. Mas justamente por isso, ou também por isso, que eles nos proporcionam uma sensação de estar “quase” em casa, coisa que nunca senti nas grandes redes.
    Para meu próximo retorno a Santiago (março de 2010 se tudo correr bem) tenho 3 alternativas em vista: Holiday Inn novamente; alugar um apartamento (gostei da sua sugestão nos posts de Buenos Aires); ou tentar algum hotel boutique, como o Vila Franca, que eu já tinha referências de seu outro blog. Aliás, minha mulher adora este tipo de lugar…
    Abraços e novamente obrigado pelas dicas!

  2. Claudia Carmello Says:

    Nélio: se você gostou do Holiday Inn pode tentar o moderno Atton El Bosque – ótima localizaçao, um estilo de decoração de mais personalidade e quartos imensos. Eu sou fã do apê alugado, mas por um fim de semana ou três dias pode não valer a pena. O VilaFranca não chega a ser um hotel-butique, sua estrutura é mesmo a de uma guest-house: uma casa onde a dona te recebe pessoalmente, sem muita estrutura ou serviço, com café da manhã simples. Mas com charme e bastante intimista.

  3. Carol Says:

    Ola Claudia,desculpe pelo inconveniente, eu tinha colocado somente o link, mas já corregi.
    Estou buscando materias sobre o pak, para mudar a visão das pessoas, e cada vez que encontro um brasileiro que foi para lá e publicou algo tenho o maior prazer de divulgar. Caso você queira, eu retirarei o post.

  4. Claudia Carmello Says:

    Oi Carol, pode deixar o post, lá, não tem problema. Só acrescente o “Por Claudia Carmello, do blog Um Outro Modo de Viajar” – o ideal era deixar o link aí no nome do blog. Daí, problema resolvido.🙂

  5. Jaqueline Adams Says:

    Prezados.
    Estive em Santiago em maio deste ano e fiquei no Santiago Park Plaza. Tradicional, mas bem localizado e muito bom. A outra vez que fui fiquei na Lafayette Suites, na Av.Providência. É apart-hotel, mas não tenho nada a reclamar. Quanto a Buenos Aires, que está cheio de hotéis de charme, dêem uma olhada no CE Design Hotel, na Marcelo T.de Alvear, a duas quadras da Atheneu. Já fiquei lá duas vezes. Moderno, sintético, limpo, perfumado, atendido só por jovens.O proprietário é um arquiteto que inclusive dá dicas dos points bacanas da cidade.Descobri o maravilhoso Casa Cruz através dele.

  6. Eneida Says:

    Oi, Claudia

    Estou indo para Santiago no final de dezembro e adorei as dicas deste e do outro post (48 h em Santiago). Ficaremos no Hotel Orly, foi bom saber que está entre os que você recomenda.

    Também sou adepta do slow travel, vou passar 2 semanas no Chile divididas entre Santiago, Atacama e uma viagem de carro de ida e volta entre Santiago e Puerto Montt, parando onde der vontade. Ninguém acredita que não vai dar tempo de encaixar a Patagônia e a Ilha de Páscoa nesta viagem! Mas preferimos deixar esses destinos para uma próxima vez e aproveitar cada pedacinho do que vamos conhecer.

    Adorei seu blog e deixo aqui um convite para que visite o meu!

    Um abraço!

  7. Nélio Says:

    Eneida,
    Se eu puder sugerir, Puerto Montt não impressiona muito, mas Puerto Varas (20 min ao norte) e arredores, em torno do lago Llanquihue VALEM por 10 Puerto Monnts… rs… Informe-se a respeito de Saltos del Petrohué, Lago Todos Los Santos, Vulcão Osorno, Frutillar, etc…
    Sem brincadeira ou exagero, me emocionei tanto com a beleza dos Saltos, que minha mulher até tirou uma foto minha com os olhos completamente mareados!
    Aliás, descobrimos um local super simpático por lá: Casa de Té. Uma simpaticíssima casa de chás, com uma plantação de lavanda nos fundos, um ambiente super acolhedor em estilo que me pareceu ser provençal. Fica em Frutillar e foi uma das grandes surpresas que tivemos na região!
    Abraços!

  8. Jaqueline Adams Says:

    Eneida.
    No meu blog estou postando sobre Santiago.Já estive 2 vezes lá e uma amiga pediu informações.Acredito que algo aproveites:

    amulherdomarido.blogspot.com

    Mas vou postar mais ainda.

  9. Eneida Says:

    Nélio e Jaqueline,

    Obrigada pelas dicas!

    Eneida

  10. Jaqueline Adams Says:

    Eneida.
    Outra coisa (posso ser sacrificada por isso):o famoso Donde Augusto, que fica no Mercado Público, é papo para turista. Na área gastronômica, Santiago tem muito mais a oferecer. Não sei quantos dias vocês ficam lá, mas não desperdiçaria uma chance de ir a outros lugares. Um que é fantástico é El Otro Sitio, que tem matriz no Peru e já estendeu-se para o Chile. Um dos endereços em Santiago é no Shopping Alto las Condes. Não se assuste:eu não sou fanática por shoppings, mas fomos lá justamente pelo restaurante.

  11. Alberto Says:

    Claudia,

    Qual opção (para casal) você acha melhor: Hotel Orly ou NH Ciudad de Santiago? Acredito que o Orly seja mais romântico, mas o NH parece ser mais novo e contar com uma estrutura melhor. O que você acha?

    • Claudia Carmello Says:

      Oi Alberto, o NH é um hotel muito bom, melhor que o Orly, com quartos novíssimos, modernos, sala em todas as unidades, closet, essas coisas. Mas é mais impessoal, mais grandão. Fica no finzinho da Providencia, quase no centro. Já o Orly perde um pouco em equipamentos e espaço, mas tem mais personalidade, faz o estilo romântico-francês. E fica bem no miolo de Providencia, numa localização ótima, perto de tudo. Você tem que ver o que te atrai mais: charme + localização (Orly) ou conforto + estrutura (NH). Abraço

  12. Alberto Says:

    Muito obrigado pela pronta resposta Claudia!

    Você conhece outra opção capaz de aliar o conforto do NH Ciudad à localização do Orly ou nas redondezas do Orly não há opção melhor?

    Grato novamente e parabéns pelo site,

    Alberto

  13. Marcelina Lucho Van Caeneghem Says:

    OI, vamos passar 3 dias em Santiago do chile, 1 em Pucon e 1 em Temuco, e 10 dias em uma reserva ambiental Condor Blanco ( Montanha), Seminario de desenvolvimento pessoal, tenho dúvidas:
    Oque levar na bagagem,o que não levar, ldolares ou pesos, que lembranças devo comprar, qual transporte indicado dentro da city, Obrigada
    Marcelina

  14. PALOMA LUMA Says:

    Oi Claudia. Gostei muito do seu blog e gostaria de compartilhar com voce a informacao do meu site http://www.chiletotal-online.cl, que ofrece una variedade de hoteis de Charme inedito do Chile. Qualquer duvida me avise. Paloma

  15. Gabriel Souza Says:

    Oi Claudia,

    Eu e minha esposa estamos indo final de fev e ficaremos hopsedados no W. Vamos compartilhar com vcs nossa experiência pelo nosso blog http://viajadas.blogspot.com/ . Obrigado pelas dicas.
    Abs

  16. edjane simoes Says:

    oi eu quero um quarto de lucho e comida chique cheque de 10000

  17. Jo Ferreira Says:

    Ah…que maravilha de Blog! Parabéns, estou a preparar cuidadosamente a minha viagem à Patagónia Chilena e Argentina. Foi nesta busca que reencontrei um blog, do amor da minha vida…e retomamos contacto assim. Ele está a trabalhar em Santiago, faz 40 anos este ano. Eu estava à procura de um hotel que fosse digno da celebração(W). Obrigada querida Claudia Carmello, por todas as noites e longas horas passadas ao computador. Uma excelente guia! Vai ser sem dúvida uma grande viagem!! De Portugal um fraterno abraço!

  18. Sergio Kubitski Says:

    Bem, aproveitando o embalo das dicas, embora ja em junho/2011,
    eu e minha esposa estamos indo pela primeira vez para Santiago e realmente sem saber em que hotel ficar, uma vez que consideramos uma importante parte da viagem o “aconchego do hotel”, comforto, charme, atendimento carinhoso, localizacao tranquila e calma.
    Nosso hobby e viajar, e se algum casal quiser uma boa dica para uma viagem romântica e para realmente se curtir, com um servico como que anjos, que falam docilmente,poe flores no quarto, te esperam c uma flor na porta do cafe da manha, arrumam o quarto a noite com flores e frutas, te atendem em tudo que voce precisar, como um pequeno paraiso aqui na Terra, e o Hotel Anantara Veli nas Ilhas Maldivas. Fomos por 6 dias em junho/2011.
    E claro que aproveitamos ficar em Dubai mais 5 dias, no Hotel Kempinski Ski Mall, tambem um charme, requinte e te tratam com muita amabilidade, e se vc estiver de aniversario..incrivel…
    Abracos, Sergio e Silvana

  19. SImone Says:

    Olá, gostaria de saber qual é melhor o Plaza Park ou o Orly. Obrigada

  20. karin Says:

    ola,estou indo para santiago e consegui um bom preco do hotel santiago park plaza,mas estou um pouco insegura pois parece que o hotel e meio velhoe queria saber se esta em bom estado e se e bom se vale a pena.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: